War driving

De Area31 Hackerspace

Responsáveis:

* Marcelo de Freitas Lopes
* Raphael Bastos
* Ewerson Guimarães (Crash)



War Driving

Introdução

Wardriving é o ato de procurar redes sem fio utilizando-se de um equipamento portátil como notebook, smartphone, etc, deslocando-se a bordo de um veículo.

O termo "wardriving" veio originalmente de "wardialing", um método popularizado pelo personagem Matthew Broderick do filme WarGames. Wardialing consistia em discar diferentes números telefônicos em uma determinada sequencia a fim de descobrir um modem discado na rede de telefonia e, assim, ter acesso àquela rede.

Embora a técnica de Wardriving possa ser usada de forma maliciosa, o Área 31 Hackerspace visa apenas realizar o projeto em forma de pesquisa, sem capturar dados ou divulgar informações de terceiros.

O levantamento de redes sem fio em Belo Horizonte ajudará a divulgar a importância em adotar boas práticas de segurança da informação, sendo a rede doméstica ou corporativa.



Objetivos

O objetivo do projeto é coletar e registrar informações de redes sem fio, como quantidade de redes, nível de proteção, tipos de autenticação e criptografia utilizada das principais áreas comerciais de Belo Horizonte.

Os dados coletados serão tabulados em informações estatísticas, ajudando na análise sobre o uso de protocolos seguros utilizado por redes corporativas e domésticas.



Equipamentos Utilizados

Nesta primeira amostragem, os testes foram realizados usando um smartphone (Samsung Galaxy S3 - GT I9300) a bordo de um veículo automotivo.

O software utilizado foi o Wigli Wifi Wardriving



Resultados

Total de Access Points: 3.828
Distância percorrida: 9 KM

Mapa wd.png



Criptografia Utilizada - Comparativo

Pizza wd2.png



Canais Utilizados - Comparativo

Barra wd.png



Conclusões

Os resultados apresentados até o momento são apenas uma parcial realizada na tentativa de se obter uma ideia das configurações dos sinais de rede Wireless localizados na região central de Belo Horizonte.
Dentre os resultados obtidos, foi possível analisar que o protocolo padrão mais utilizado é o WAP, seguido respectivamente pelo WAP2 e WEP.
Os canais mais utilizados para configuração da rede sem fio foram 1, 6 e 11.
Estes resultados sugerem que há uma tendência a utilizar protocolo seguro na configuração da rede. Os protocolos WAP e WAP2 foram utilizados em 87% dos pontos coletados.
Todavia, novas pesquisas são necessárias para acompanhamento da quantidade e configuração dos Access-Points a fim de obter uma amostragem comparativa que leve a análises cada vez mais precisas.



Considerações Importantes

Não serão realizadas atividades intrusivas durante o projeto War Driving!

Todas as atividades serão executadas rigorosamente dentro da legislação vigente. As únicas informações a serem coletadas e divulgadas serão: quantidade de redes identificadas, nível de proteção e tipo de criptografia. Nenhum acesso a dado ou tentativa de quebra de segurança será realizado.

É importante salientar que o objetivo do projeto é realizar uma pesquisa sobre o nível de segurança de redes sem fio do município de Belo Horizonte bem como conscientizar sobre o uso de boas práticas de segurança na implementação de uma rede wireless.